Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

“A prevenção é a melhor saúde”
Danilo Felix
 
Essa frase resume muito bem a essência do outubro rosa.
 
A iniciativa tem escalas de importância a níveis mundiais e precisa ser notada e respeitada, pois, muitas vidas femininas já foram poupadas. 
 
Entre os ensinamentos está a valorização da amamentação e como esse fator pode ser decisivo para salvar uma vida.
 
O número de mortes através do câncer de mama já alcançou o número de 14.388, sendo 14.206 mulheres, segundo dados colhidos no site do Instituto do Câncer José de Alencar Gomes da Silva.
 
Leia com atenção para evitar o pior.

O significado de outubro Rosa


Outubro Rosa é uma campanha de conscientização voltada para mulheres com o objetivo de prestar informações com relação ao câncer de mama. São mais de 2 milhões de casos no Brasil por ano. Trata-se de um dado muito preocupante, pois, demonstra uma falta de conhecimento muito grande das mulheres em como se prevenir.
 
Nos Estados Unidos, começou um movimento na década de 90 com o intuito de salvar vidas femininas que estavam sendo ceifadas pelo câncer de mama. Em outubro, iniciou-se uma série de ações para transmitir conhecimento e ajudar mulheres a serem livres dessa doença com prevenção.
 
Existe um grande trunfo natural e indispensável para saúde de mãe e bebê, que vão ser milagrosos para evitar doenças deste tipo. Veja logo a seguir.

Aleitamento materno reduz o risco de câncer de mama


Mães com ciclos de gravidez e desenvolvimento de leite materno, manifestam hormônios femininos em maior número o que barra o progresso do câncer de mama. Por isso, o índice desta doença, é maior com mulheres que ainda não passaram pela experiência de serem genitoras.
 
O aumento do câncer de mama, se deve também a uma mudança de comportamento da mulher dentro da sociedade moderna. Hoje, ela trabalha e se preocupa em estudar e melhorar a sua carreira, não colocando a maternidade como uma meta de vida.
 
Mas, mulheres que optaram por não passarem pelo processo de gravidez, podem identificar e tratar o câncer de mama. Confira logo a seguir, mais dicas sobre como combater a doença.

Como identificar e tratar o câncer de mama


A massagem nos seios ajuda na identificação de algum módulo no seio e nas axilas, porém, existem outros sintomas que podem ser identificados como:
 
- Alteração nos mamilos
- Risco de abertura de ferida
- Secreção escura
- Pele enrugada
- Seio modificado com relação ao outro 
 
Se em seu exame pessoal e intimo notou um destes sintomas, marque uma mamografia. Caso seja identificado os indícios para a evolução de um câncer de mama, dependendo do caso você poderá seguir os seguintes tratamentos:
 
- Cirurgia para retirada do tumor em estágio inicial
- Quimioterapia para a destruição e controle das células negativas
- Imunoterapia vai fortalecer o sistema para combate dos tumores  
- Radioterapia para tumores que ainda não se espalharam
- Hormonioterapia para impedir ações de hormônios para o crescimento dos tumores
 
Se não deseja passar por todos esses tratamentos você pode dar ouvidos a voz do bom senso e entender como o outubro rosa pode contribuir para a cura apenas com movimentos de prevenção.

Como o outubro rosa contribui para a cura?


Com informação, lembretes poderosos e criativos como ações publicitárias, iniciativas individuais e de empresas, muitas mulheres são atingidas pela mensagem e começam a se cuidar o quanto antes. Doenças costumam ser silenciosas e surpreendem as pessoas com consequências bem complicadas.
 
Para ficar livre das surpresas procure se envolver com a campanha.
 
Uma postagem em suas redes sociais, usar uma peça de roupa cor de rosa, pintar as unhas com o tema, enfim, deixe a criatividade solta e ajude você mesmo e outras companheiras de batalha.
 
Quer saber um pouco mais sobre amamentação que é um dos temas centrais deste post?
 
Leia as seguintes matérias:
 
- Dificuldades na amamentação: O que você precisa saber?
 
- Amamentação Cruzada: A verdade sobre essa polêmica de novela
 
- Amamentação pode causar alergia alimentar em bebê?
 
Sua saúde precisa de mais atenção. Acesse Medicina e conheça especialidades que vão aumentar a sua qualidade de vida em 100%.

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças