Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Você já ouviu a expressão Amamentação Cruzada?
 
3 motivos para saber melhor sobre o assunto:
 

  1. O assunto apareceu na novela das 21 horas da Globo
  2. Muitos pediatras, conselhos e órgãos se manifestaram sobre o assunto
  3. É algo bom ou ruim?
 
Discutir sobre amamentação é sempre importante e de grande valor, por ser um assunto de pauta mundial e que diz respeito a saúde do bebê e o bem-estar da mãe.
 
A importância do leite materno é tão grande, que segundo dados preocupantes divulgados no site da ONUBR (Nações Unidas no Brasil), 5 a cada 20 bebês na América Latina e Caribe, não são amamentados em sua primeira hora de vida.
 
Para saber o porquê de o leite materno ser conhecido como o sangue branco, recomendamos acessar o artigo que explica a importância deste alimento clicando aqui.
 
Você tem interesse em aprender como mãe a verdade por trás desta polêmica que alcançou níveis de roteiro de uma novela das 21h?
 
Vivemos a era da informação. Existem muitas fontes e versões sobre o mesmo fato e que precisam ser analisadas com seriedade e por profissionais de saúde com credibilidade.
 
Por isso, recomendamos que preste muita atenção neste post.
 
Boa leitura!

O que é Amamentação Cruzada?


Mães que sofrem com a falta de produção de leite, procuram recursos variados para resolver o seu problema e acabam recorrendo ao recurso da amamentação cruzada, que nada mais é do que a mãe confiar a outra mulher a missão de amamentar o seu filho.
 
Agora que você entendeu a definição desta prática, qual é a grande polêmica que envolve um dos meios de entretenimento da Globo? Você saberá logo a seguir.

Novela da Globo e a Amamentação Cruzada


Em um capítulo da novela "O Outro Lado do Paraíso" que inclusive já está concluída, uma das personagens cede a amamentação do seu filho a outra pessoa. Como a ficção deste tipo tem uma trama com um alcance de grande público, o Ministério da Saúde e entre outros órgãos recriminaram a solução encontrada para suprir a necessidade de leite materno proposta pelo roteiro.
 
 
Principais erros apontados:
 
  1. Antes do leite materno é formado o colostro, que é suficiente para fornecer todos os anticorpos necessários para a proteção do bebê nas primeiras horas de vida.
 
  1. Um médico de responsabilidade evitaria ao máximo sugerir essa solução da amamentação cruzada.
 
  1. Em um dos diálogos, é reforçada a necessidade de mães que produzem leite em excesso amamentarem outras crianças (o que é errado).
 
Agora, vamos apresentar os riscos da amamentação cruzada e por que ela é tão recriminada pela medicina.

Os riscos da Amamentação Cruzada


Os riscos da amamentação cruzada, podem ser mortais para a saúde do bebê, aumentando o desenvolvimento de doenças e levando a possibilidade de óbito.
 
Veja os motivos que condenam a sua prática pela medicina:
 
  1. Risco de contaminação por diversos tipos de doença, inclusive o HIV.
 
 
  1. Só o leite da mãe biológica pode fornecer as propriedades necessárias para o desenvolvimento e formação de anticorpos próprios para o seu bebê.
 
Em uma carta aberta emitida pela Sociedade Brasileira de Pediatria, a única forma de uma mãe doar leite é através do banco de doação. No ato da oferta, o leite é pasteurizado, eliminando qualquer possibilidade de contaminação.
 
Gostou? Tem mais matéria sobre amamentação em nosso Blog. Acesse agora mesmo e cuide cada vez mais da saúde do seu filho.
 

Dra. Marly Sato

Dra. Marly Sato

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB


FALE COM A ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças