Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

 
Observar o sofrimento do seu filho não deve ser nada fácil. O choro da bebê  causa muita aflição nas mães que na maioria dos casos não sabem o que fazer. A angústia que toma o pequeno, força muitos pais a entrarem em desespero, e nessas condições fica difícil encontrar uma boa solução. Pensando nisso, resolvemos desenvolver um conteúdo para te ajudar a administrar este problema antes de ir ao pediatra.
 
Conheça questões fundamentais para não piorar tudo no intestino preso do bebê, e comece hoje mesmo a proporcionar ao seu filho um alivio do sofrimento e da dor.
 

Como saber se o bebê está com o intestino trancado?


Existem alguns sinais que podem ser observados e que indicam um alerta de intestino preso. O bebê fica mais irritado, o abdômen fica mais duro, as fezes apresentam um aspecto diferente do normal, mais ressecadas e também em alguns casos líquida. A presença de sangue nas fezes pode indicar também prisão de ventre, devido ao ressecamento da mesma em passagem pela pele do bebê.  
 
Observando muitos destes sinais, procure ajuda para saber como lidar. No tópico a seguir, explicamos melhor.
 

Intestino preso em bebê: O que fazer?


O mais prudente a se fazer é procurar um pediatra, que vai analisar o cardápio atual do seu bebê e diagnosticar qual tipo de alimento ou situação está provocando o intestino preso. Não se precipite em “fórmulas mágicas” e receitas da vovó. Cada caso é um caso, e deve ser analisado com muita calma para não gerar efeitos contrários na saúde.
 

O leite materno causa intestino preso no bebê?


Depende muito da alimentação da mãe, que deve tomar alguns cuidados para não gerar consequências diretas na composição do leite. O leite materno é um alimento natural livre de resíduos, porém depende muito da qualidade do cardápio que é ingerido pela mãe.
 
Verduras, alguns sucos naturais e frutas, podem ser administradas pela mãe no período de amamentação, porém, seguir as orientações de especialistas quanto a seleção dos alimentos corretos é o melhor caminho, pois cada organismo tem suas particularidades.
 
Cuidar de um bebê exige muitos cuidados. O seu dia a dia é muito corrido e cheio de obrigações a serem cumpridas. Que tal contar com um pouco de ajuda!? Entenda porque as mamães confiam tanto na pediatria da Dual Clinic,  e seja mais uma satisfeita com o trabalho de especialistas dedicadas e que amam o que fazem.
 

 

 

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças