Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

O leite materno é a união plena de afetividade entre mãe e filho. Um liquido precioso que simboliza toda a pureza da vida, formando raízes poderosas para a consolidação do ser humano.
 
Infelizmente muitas mães não tem a consciência, e não sabem que até aos 6 meses de vida do bebê, o leite materno é alto suficiente para alimentar de forma completa, sem a necessidade de complementação com outros líquidos.
 
Leia este conteúdo para entender que até a velhice o seu filho vai estar protegido contra muitas doenças.

Por que o leite materno é chamado de “sangue branco”?

Muito das substâncias que compõem o leite materno, estão presentes no sangue da mãe, que no período de gestação, tem por função, fornecer proteção e imunidade ao bebê. Após o nascimento, o “sangue branco” tem a missão de formar uma bolha de proteção no organismo, evitando que bactérias perigosas a saúde, façam uma invasão em massa.
 
As enfermidades que podem ser evitadas por este liquido milagroso até a velhice, podem definir a diferença entre um ser saudável e doente. Entenda melhor no próximo tópico.

O leite materno é o escudo contra alergias

Alergias trazem um grande peso para a vida de quem precisa conviver com elas por um longo período. São doenças que impendem a pessoa de desfrutar de alguns alimentos, e de entrar em contato com certos ambientes e produtos. Um escudo resistente é adornado em força pelo leite materno, uma proteção que começa a ser formada após 48 horas do nascimento do bebê no organismo da mãe, e que vai fornecer muito mais do que saúde, mas vida em abundância.  

O segredo benéfico do açúcar do leite materno

A ciência ainda não descobriu todo o segredo por trás deste liquido tão benéfico. Mas uma recente descoberta, voltou as atenções para um elemento único: O açúcar.
 
O amparo que o açúcar contido no leite materno passado de mãe para filho, forma uma série de benefícios que fazem frente a bactérias que costumam ser resistentes a química de medicamentos, ou seja, estes carboidratos são poderosíssimos em sua função de eliminação de micro-organismos causadores de infecções em recém-nascidos.
 
O que ainda se descobrirá sobre o “sangue branco” não sabemos, mas podemos afirmar que após este texto, você vai considerar o leite materno um verdadeiro guardião supremo da saúde do seu bebê.
 
Neste período de amamentação, o acompanhamento com um pediatra é essencial para a sua saúde e do bebê. Muitas mães fizeram avaliações de suas experiências com este tipo de profissional. Inspire-se e comece a cuidar de si e de quem você ama.

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças