Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Descubra se o seu filho vai dormir melhor se consumir alimentos sólidos mais cedo.
 
Um estudo americano trouxe um assunto que ainda causa muita discussão entre mães menos experientes.
 
A introdução alimentar apresenta um padrão de orientação de Pediatras e nutricionistas infantis, que entendem que o período entre 4 e 6 meses é o tempo perfeito para começar a acostumar a criança com alimentos sólidos.
 
Partindo dessa informação, como será possível a criança adiantar essa etapa em sua breve vida? Vamos passar todas as informações necessárias para você entender a lógica desde estudo e se você pode adotar este método.

Introdução alimentar aos 3 meses: O estudo


Pesquisadores de uma Universidade americana publicaram um estudo na  JAMA Pediatrics (uma revista sobre pediatria), aonde mostra que dois grupos de bebês divididos entre aqueles que se alimentaram apenas com leite materno e outros com alimentos sólidos e leite materno.
 
O grupo de introdução alimentar teve 7 minutos a mais de média de sono em relação ao grupo que apenas se amamentou.
 
Outro dado mostra que 9% a menos de espasmos durante o sono foram registrados pelos os bebês que fizeram a introdução alimentar.
 
Mas, será que órgãos como a Sociedade Brasileira de Pediatria estão errados sobre a introdução alimentar aos 6 meses? Até que ponto este estudo pode ser considerado?
 
Acompanhe logo a seguir.

Leite materno e seus benefícios e algumas considerações


O leite materno tem benefícios de altíssimo nível como imunidade a doenças e é alto suficiente para bebês de 3 meses de idade que ainda estão entendendo, que estão fora da barriga da mãe e começam a firmar o seu pescoço.
 
A melhora do sono de bebês com introdução alimentar, se deve mais aos hábitos de sono mais saudáveis do que alimentos sólidos que são apenas complementares a soberania do leite materno. Aos 6 meses de idade, os pequenos começam a despertar o senso de curiosidade e acordar os estímulos dos sentidos como o paladar por exemplo.
 
Por esse detalhe, o estudo tem sua importância por levantar algumas discussões, porém não pode ser considerado como verdade absoluta.
 

Bebe não dorme e a culpa não é só da alimentação


A primeira coisa que você deve observar é uma tabela de sono do bebê para ajustar a rotina antes dormir, ajudando em um momento de descanso mais saudável para o seu filho. Uma alternativa recomendável, é buscar o tratamento de homeopatia infantil, em casos de doenças e incômodos que impedem que um recém-nascido durma com tranquilidade.
 
Entre cochilos e um sono profundo o seu filho se desenvolve e cria uma estrutura mais forte em seu organismo. Marque uma consulta com a Pediatria da Dual Clinic, e organize o dia a dia do seu bebê de uma forma saudável e pensando no bem-estar daquele que mudou a sua vida.
 
“Com uma estrutura moderna, aliada a um atendimento personalizado, a Dual Clinic é a mais nova clinica integrada da zona norte de São Paulo...”
 
Quer aprender mais sobre como cuidar da saúde do seu pequeno? Acesse esse post: O que fazer para o soluço do bebê parar: A dica perfeita.
 

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças