Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Por que está aumentando o número de mulheres que engravidam aos 40 anos?
 
Em uma matéria na página saúde do portal do Estadão, o número de mulheres que são mães aos 40 anos aumentou 49% em duas décadas.
 
Será que existe uma nova tendência em maternidade?
 
Você vai descobrir o grande segredo sobre as mulheres que engravidam aos 40 anos.
 
Mas, antes de chegarmos ao ponto central deste post, vamos responder perguntas sobre os riscos de engravidar depois dos 40 anos, as chances de dar à luz, idade que representa risco real e o grande segredo que vamos revelar no último tópico.
 
Se o sonho da sua vida é ser mãe e você tem inúmeras dúvidas sobre o assunto de engravidar de forma sadia e sem possibilidades de riscos, essa é a sua oportunidade de adquirir conhecimento sobre o assunto.
 
Apesar da maternidade estar ocorrendo de forma tardia na faixa dos 40 anos (o que reflete muito o tempo em que vivemos), um estudo recente publicado no portal G1, aponta que o Brasil tem a maior média de gravidez na adolescência da América Latina, ou seja, a gravidez na maturidade ainda está em crescimento.  
 
Está chegando nesta idade ou já passou dos 40 anos? Continue a leitura se quiser descobrir o grande segredo.

Quais são os riscos de engravidar depois dos 40 anos?


Os riscos de engravidar depois dos 40 anos, são os seguintes:
 
  • Parto que dura por mais tempo
  • Aborto
  • Pressão arterial elevada
  • Chances maiores de parto prematuro
  • Hipertensão
  • Perda de sangue
  • Problema nas membranas
  • Útero rompido
  • Descolamento precoce da placenta
 
Os riscos não determinam o sucesso de uma gravidez. São apenas alertas que devem ser considerados para traçar o melhor caminho. Veja a seguir, as chances que uma mulher madura tem de dar à luz.

Quais são as chances de engravidar aos 40 anos?


Sem um tratamento médico, as chances de engravidar aos 40 anos são baixas. Nessa fase, o corpo feminino sofre mudanças e as reposições hormonais que são responsáveis pela fertilidade se tornam muito mais baixas.
 
Por isso, engravidar nessa idade depende muito de um planejamento sério e consciente das limitações e de como aumentar as condições para gerar uma vida.

Qual a idade de gravidez de risco?


A idade de maior risco é de 40 a 44 anos, na qual aumenta em 50% o risco. Dos 35 aos 39 anos, o perigo é de nível mediano e abrange 20% de possibilidade de aborto.
 
Vivemos em tempos de grandes mudanças e avanços na sociedade. O comportamento da mulher vem alterando de forma constante ao longo dos anos e junto com essas mudanças a medicina desenvolve novas formas de tratamento e controle do organismo feminino.

Qual o segredo das mulheres de 40?


Hoje, a mulher de 40 anos se cuida mais e prática mais exercícios, modera melhor a sua alimentação e tem um conhecimento mais acessível sobre como aumentar a sua qualidade de vida.
 
A medicina atualmente está mais avançada e oferece ótimas opções de tratamento para gerar condições de um organismo de 40 anos, conceber um bebê com plena saúde.
 
Por isso, muitas mães estão engravidando até acima dos 40 anos.
 
Artistas como Ivete Sangalo, Madonna, Jeniffer Lopez e dentre outras, tiveram a experiência da gravidez após aos 40 anos.
 
Esses exemplos, mostram que se cuidando da forma adequada e consultando regularmente o seu médico, a gravidez não será algo impossível nessa faixa etária.
 
Você sabia que é importantíssimo a consulta pediátrica no período de pré-natal?
 
Marque uma consulta com uma pediatra e comece a cuidar do seu filhinho bem antes dele nascer.

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças