Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Você sabe o ponto que diferencia estas duas enfermidades? Se acha que é a mesma coisa, eu sinto em dizer que está completamente enganado. Tecnicamente as suas causas são diferentes.

Para ajudar os pais a entenderem com mais clareza do que estou falando, preparamos um post bem claro e objetivo em sua mensagem para ajudar a entender qual é a diferença entre intolerância à lactose e alergia ao leite da vaca.

Para cuidar melhor da saúde do seu filho, preste atenção nos tópicos que preparamos com todo o cuidado.

A Dual Clinic se preocupa com o bem-estar de quem você ama!

O que é Aplv em bebê?

Trata-se de uma abreviação para nominar alergia a proteína do leite da vaca, que nada mais é do que uma rejeição do organismo do bebê, que ao identificar a substância, entende que a mesma é estranha, e prepara anticorpos para expulsa-la definitivamente do corpo.

Porém todo este processo causa muito sofrimento ao bebê, que pode ter que lidar com diversos tipos de sintomas, como problemas respiratórios, estomacais e manchas vermelhas na pele, que são pequenas erupções causadas pelas tentativas do sistema sanguíneo de eliminar a proteína.

Para te ajudar a entender melhor estes sintomas, preparamos o seguinte conteúdo: Como saber se o meu filho sofre de alergia ao leite de vaca? E fique por dentro dos sinais que o organismo do seu bebê está passando.

 

O que é intolerância a lactose?


É a incapacidade do organismo de absorver o açúcar de determinados alimentos lácteos, devido à falta de enzimas (que são conhecidas como lactase) presentes no sistema digestivo que ajudam no processo. As consequências são dolorosas, pois além de vômitos e dores abdominais, as diarreias tornam-se constantes na vida da criança.
 
O tratamento mais adequado é a exclusão de alimentos à base de lactose, e a substituição por outros que tenham bases nutritivas aceitáveis pelo organismo.
 
Outra ação cabível é a reposição da lactase, através de tratamento aplicado por um profissional especialista em alergia.
 

O que os diferencia?


Além da fonte que causa os sintomas e consequências serem de uma origem distinta, a APLV costuma manifestar-se mais prematuramente, nos primeiros meses de vida. Já a intolerância a lactose, revela-se na fase pré-escolar da criança, ou seja, ela já está mais grandinha. Além destas diferenças citadas, vamos descrever a principal que se diz respeito quanto ao consumo:
 

1 – Intolerância a Lactose   


A criança que apresenta intolerância a lactose, pode consumir derivados de leite, para reforçar o cálcio e outros nutrientes necessários para o seu desenvolvimento. A restrição fica quanto o açúcar originado de produtos à base de lactose. Por isso os pais devem ficar bem atentos aos rótulos de alimentos comprados no supermercado.
 

2 – Alergia a proteína ao leite de vaca


Neste caso as ações são mais radicais, pois como não existe a cura da alergia a proteína do leite da vaca, recomenda-se a total exclusão da dieta da criança quanto ao consumo de alimentos que mantém em seus compostos a proteína do leite.
 
Percebeu a diferença ou ainda ficou alguma dúvida?
 
Marque consulta
com as nossas pediatras especialistas em alergia e proporcione qualidade de vida para o seu pequeno. 

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças