Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Essa matéria foi exclusivamente desenvolvida para orientação aos pais. Por isso é importantíssimo a total atenção a tudo o que for lido, para que a saúde do seu filho possa ser preservada.

O leite de soja é uma bebida muito requisitada para potencializar a saúde e complementar a alimentação infantil. Mas como tudo na vida, esse composto deve ser consumido com sabedoria, para não gerar outras preocupações.

Pensando nisso, nos listamos falhas inaceitáveis com o leite de soja na alimentação do seu bebê, para ajudar você a não se precipitar na dieta regular do dia a dia.

Leia com atenção e evite estes erros.
 

1 – Leite de soja em substituição ao leite materno


As propriedades do leite materno são vitais para a saúde atual do bebê e para o seu futuro crescimento. Substituir por leite de soja em decorrência de alguma alergia e intolerância a lactose, pode potencializar alguns problemas, e piorar a situação. Até aos 6 meses de idade, o leite materno é um alimento indispensável para a saúde, e após este período, complemente a dieta com outros alimentos.
 
Para saber mais leia o seguinte post:  Cardápio saudável para bebês com até 2 anos.
 

2 – Leite de soja para crianças com idade inferior a 2 anos


A introdução do leite de soja antes dos 2 anos de idade no cardápio da criança, pode provocar alergias e prejudicar a nutrição. O ideal é manter o leite materno como fonte insubstituível de nutrientes benéficos ao crescimento, e introduzir alimentos sólidos aos poucos.

O que é recomendável é a formula de soja que pode ser consumida a partir do primeiro ano de vida, mas segundo as orientações de um pediatra.
 

3 – Tratar alergia a proteína do leite da vaca com leite de soja


Se você conseguiu identificar se o seu filho sofre com alergia ao leite da vaca, você também deve entender que o seu organismo está despreparado para receber tais proteínas, o que faz uma proteção de anticorpos se formar e expulsar a proteína do leite do corpo. Sendo assim, problemas respiratórios e manifestações na pele podem se manifestar com frequência.
 
E isso só se resolve com a exclusão total deste componente, e uma readaptação alimentar. E o leite de soja dentro deste contexto é prejudicial, pois seus nutrientes tem um potencial alérgico forte, devido as suas propriedades que estimulam a dificuldade do organismo do bebê de lidar com certas substâncias.
 

4 – Consumir extrato de soja sem prescrição medica


Como descrito anteriormente, a fórmula (extrato) de soja só pode ser consumido a partir do 1° ano de vida com a devida orientação de um pediatra. Pois este profissional tem a capacidade de avaliar através de exames minuciosos, se o organismo da criança tem a capacidade de receber este componente, sem nenhuma reação contrária.

O importante é nunca tomar atitudes drásticas sem a orientação de um especialista habilitado, pois na internet existem muitos doutores e verdades absolutas, mas procure sempre a verdade de alguém que estudou e apresenta experiência em diversos casos.

Agende uma consulta com uma das especialistas em alergias da Dual Clinic. Muitos pais puderam presenciar a volta da normalidade a vida dos seus filhos. Comprove! 

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças