Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Você já ouviu falar sobre bebê reborn? Esse assunto está fervendo na internet e gerando muita polêmica. Para uns é uma brincadeira inofensiva e que não traz riscos a ninguém, porém, especialistas dizem que o perigo é real e pode gerar consequências. Vamos explicar o que é bebê reborn e as principais características que o fazem valer até R$12 mil.
 
Um dado importante é que adultos estão investindo muito dinheiro. Essa mania está se espalhando pelo mundo e está preenchendo a vida de muito pessoas de modo instantâneo. Porém, será que vai ser uma solução permanente? Leia nosso texto agora e tire as suas conclusões.
 

O que é bebê reborn?


Bebê reborn é um boneco hiper-realista, que imita todas as características de um recém-nascido de verdade. Desde a expressão do rosto e as dobras da pele está tudo representado. Visto de um ângulo diferente é difícil negar que não se trata de uma criança legitima. Grandes artesãos se especializaram em recriar a imagem de bebês que existem em nosso mundo.
 
Essa mania tem inspiração no período da Segunda Guerra Mundial na Inglaterra, em que a falta de brinquedos incentivou muitas mães a pegarem bonecos velhos e criar detalhes neles que lembrem cada vez mais um recém-nascido de verdade.
 

Como são fabricados?


Mãos, pernas, corpo e cabeça são feitos sob encomenda, em pedidos solicitados por artesãos. Os materiais seguem uma linha de característica do silicone e vinil. O enchimento da parte dos corpos é feito através de saquinhos de areia e espumas especiais, que serão importantíssimos para dar peso ao bebê reborn, podendo chegar ao peso de 1kg, 2kg e 3kg, dando muito mais realismo.
 
Detalhes como dobras na pele, pintas e veias são aplicados através de técnicas avançadas dos artesãos que moldam com todo o cuidado cada nuance do aspecto humano. São usados formatos de tintas que se assemelham e muito a cor da pele, dependendo dos traços da raça que será aplicada.
 
Olhos são feitos de vidro e silicone e sua cor pode ser variada, de acordo com o desejo do cliente.
 
Cabelos e sobrancelhas são originados de pelos humanos e até de ovelhas, sendo colocados fio a fio com todo o cuidado possível.
 
Roupas são as mesmas usadas pelos bebês de verdade e criam uma sensação de que não se trata de uma figura “fake” fabricada.
 

Quem geralmente compra?


Usados para treinamento de cuidados com bebês e um grande ajudador na simulação de situações reais para os pais de primeira viajem, o bebê reborn pode ser muito mais que isso. Além de crianças que se apaixonam pelos detalhes impressionantes muitos adultos desembolsam de R$150 a R$12.000 mil reais para preencher um vazio psicológico por não terem filhos e até mesmo para fazer réplicas daqueles que lhe foram perdidos.
 
Mas, especialistas dão um alerta muito sério sobre essa prática na vida de muitos adultos. Veja logo seguir.
 

O que os especialistas dizem sobre o bebê reborn?


A humanização de bonecos pode trazer traumas psicológicos, pois evita que uma mãe frustrada por não desfrutar de uma maternidade venha a viciar nessa prática e perca o senso de realidade. O mais saudável seria o enfrentamento de suas frustrações sem a necessidade de preencher vazios que não são reais.
 
Por outro lado, existe uma linha de pensamento mais tranquila com relação com o assunto, em que os adultos podem ser considerados nesses casos como crianças que tem no bebê reborn a oportunidade de desenvolver o desejo de cuidar de alguém, o que é muito saudável e não tem problema nenhum, segundo alguns psicólogos. 
 
Em qual análise você confia? Compartilhe esse post no Facebook com os seus amigos e parentes, e ajude-os a entender melhor sobre esse assunto polêmico.
 
Aprenda lições importantes para cuidar de um bebê. Acesse o seguinte post: Como dar banho no recém-nascido?

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças