Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Seu filho está com catapora e você está perdida e não sabe o que fazer?
 
Não sabe interpretar se os sintomas são relacionados a este vírus?
 
Fique despreocupada, pois, vamos ajudar você.
 
Este artigo vai te trazer as seguintes informações:

Indice 


1 - O que é catapora?
2 - Quais são as causas?
3 - Como interpretar os sintomas de catapora em bebê?
4 - E o tratamento?
5 - Como faço a prevenção da catapora em criança?  

Continue a leitura e absorva conhecimento de valor para a saúde do seu filho.

O que é catapora?


A catapora é um vírus/infecção que se forma no organismo (em sua maioria em crianças) provocando manchas e erupções em todo o corpo. Sua origem vem do vírus Varicelazóster que é altamente contagioso, porém, não provoca grandes danos à saúde do bebê.
 
Uma vez contraída a catapora, não existe mais a possibilidade de a criança sofrer com a enfermidade devido a imunização que se desenvolve no corpo. A palavra “catapora’’ tem origem indígena, que significa “fogo que salta”.

Quais são as Causas?


A catapora é causada através do contágio passado de infectado para receptor. Ocorre muito em salas de aula e lugares aonde existe muitas pessoas. Ela pode se espalhar através de um espirro, contato com as manchas vermelhas e também ao se esfregar o olho, espalhando o vírus pela corrente sanguínea e refletindo em pequenas feridas em diversos pontos da pele.

Como interpretar os sintomas de catapora em bebê?


Os sintomas da catapora em bebê são as famosas bolinhas vermelhas que surgem primeiramente na parte lateral da barriga e depois em outras áreas do corpo como no couro cabeludo, braços, pernas e até nos lábios.
 
Além dos sintomas citados a criança apresenta irritação, mal-estar, febre alta e falta de apetite. Os sinais de catapora podem surgir em 20 dias após a transmissão do vírus.

E o tratamento?


Para tratar um bebê com catapora, é importante deixá-lo em repouso e longe de lugares com aglomeração de outras crianças, como creches, escolas e demais lugares públicos. Corte bem as unhas do pequeno, para evitar que ele coce as bolinhas vermelhas e aumente o risco de formação de feridas.
 
Banhos mornos ajudam no controle da temperatura corporal e na limpeza das manchas, evitando que bactérias se aproveitem dessa brecha. Medicamentos devem ser usados, desde que, um profissional de saúde especializado seja consultado.

Como faço a prevenção da catapora em criança?

A principal fonte de prevenção da catapora em criança vem da vacinação contra a doença que ocorre em duas doses. Durante 1 ano de idade a primeira aplicação, seguida de um reforço nos 15 meses do bebê.
 
Entre os 4 e 6 meses de idade vem a segunda aplicação.
 

ATENÇÃO: Mulheres grávidas devem evitar de se vacinarem contra a catapora, pois, não existe a possibilidade de imunização do bebê neste estágio, prejudicando a saúde da mãe e do feto.
 
IMPORTANTE: A prevenção eficaz e que não deve ser esquecida é de evitar o contato da criança infectada em ambientes coletivos para não proliferar a doença.

Ainda com alguma dúvida? Esperamos que este conteúdo possa ser explicativo e com informações valiosas. Mas, se sentiu falta de algum esclarecimento, entre em contato conosco e faça-nos uma visita e tire todas as suas dúvidas.

 
 
 
 
 

Dra. Marly Sato

Dra. Marly Sato

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB


FALE COM A ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças