Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha


Quando não temos experiência com os sinais que os bebês apresentam, um certo desespero toma conta.

Fica difícil entender o choro, um gesto de insatisfação, ou de negação.

Uma das grandes dúvidas, vem das constantes greves de amamentação apresentada pelos bebês, o que traz preocupação, pois o leite materno é essencial para o desenvolvimento de qualquer criança.

Hoje vamos ensinar o porque dos bebês fazerem greve de amamentação, as possíveis causas, e muito mais.

Vamos esclarecer o motivo desde fenômeno ser muito comum no 3° mês de vida.

Continue a leitura!
 

Consequências da greve de amamentação 


Com o início da rejeição do bebê, muitas consequências podem ocorrer, por exemplo:
 
  • Aumento de stress da mãe
  • Desnutrição do bebê
  • Rejeição com relação a outros alimentos
  • Problemas psicológicos, pois a mãe pode se sentir rejeitada.

Podemos afirmar que existe mais de uma causa que provoca a greve de amamentação, e pode gerar as consequências acima citadas. Não existe uma única fonte do problema, mas, alguns fatores que devem ser considerados.

Possíveis causas do desmame 

Podemos afirmar que existem três possíveis causas que provocam o desmame precoce do bebê:
 

  1. Produção Láctea
  2. Razões relativas a mãe
  3. Origem do bebê

A partir destas fontes, aparecem as causas que podem provocar a greve de amamentação, e vamos lista-las logo abaixo:
 

  • Alteração no gosto do leite, que pode ser causado pelo uso de remédios, alimentação diferenciada ou uma nova gestação. Falta de produção de leite por motivos relativos a mudanças na rotina.
  •  Uso de medicamentos ou produtos estéticos na região dos seios, stress e alterações de humor, mudança no trato com a criança, falta de amamentar o bebê nos períodos corretos, estimular o bebê amamentar a todo tempo e entre outros motivos.
  • Aftas, infecções nos ouvidos, doença do bebê, manifestação dentária, separação da mãe, uso constante de mamadeiras e chupetas, dores físicas, traumatismo no cérebro, sensibilidade a medicamentos e stress.
  • Tente identificar quais causas se encaixam em sua situação, e caso apareça alguma dúvida, procure um Pediatra.


Agora vamos passar, algumas soluções para você aplicar no momento de desmame do bebê.
 

Como resolver a greve de amamentação? 

A fase de greve de amamentação, costuma durar 4 dias, e ocorre com mais frequência no 3° mês de vida. Vamos apresentar algumas dicas de como proceder e recuperar o interesse da criança aos poucos pelo leite materno, siga os seguintes passos:
 

  • Acostumar o bebê no Sling (carregador de bebê inspirado na cultura indígena).
  • Manter-se próximo a criança no momento de dormir
  • Embalar o bebê de pé para amamentar
  • Se o bebê estiver sonolento, aproveite para amamenta-lo.
  • Movimente-se e mude de posição ao amamentar
  • Consulte um Pediatra para descartar a causa de uma infecção por cândida por exemplo.
 
Se você tem outras dúvidas sobre a saúde do seu bebê, leia também este conteúdo: Como dar banho em bebê recém-nascido?

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças