Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Então é natal...e a correria de compra dos comes e bebes, presentes e decoração começa de forma frenética. Uma preocupação é o que dar para o bebê comer na ceia de natal? As opções parecem ser bem fortes para um pequeno que ainda não pode comer muita coisa e não tem um estômago bem formado para receber de tudo.
 
Para te ajudar a preparar um cardápio perfeito para os seus filhos, separamos dicas preciosas para você proteger a saúde do seu pequeno e deixá-lo feliz e muito satisfeito.
 

Ceia de natal cardápio para o bebê: O que pode comer?


Esse cardápio de ceia de natal para bebê, é recomendado para a faixa de 6 meses a 1 ano.
Peito de peru é muito bom para o desenvolvimento cerebral da criança e é uma carne que apresenta menos gordura e pode ser preparado em formato papinha e produz no organismo do bebê um sono profundo.
 
Peito de chester é ótimo para a saúde da criança por ser rico em proteínas e pode ser preparado em formato de sopas.
 
Arroz com frutas é sensacional para o paladar dos pequenos que vão viciar e ficar pedindo toda a hora. Aproveite as frutas da época como o damasco por exemplo e prepare em formato de saladas que vai ficar incrível.
 

O que é melhor para crianças de 1 a 2 anos comer?


Para bebês de 1 ano, já pode fazer introdução de nozes e castanhas, pois são gorduras consideradas do bem e que não vão fazer mal, mas trazer benefícios a saúde.
 
Crianças de 2 anos já podem ser apresentadas a frutas secas e doces mais leves e carnes sem gordura, que serão benéficas para o desenvolvimento cognitivo, físico e cerebral.  
 

O que não pode oferecer para o bebê de jeito nenhum no natal?


Carnes com gordura são prejudiciais para a digestão do bebê e precisam ser evitadas para não trazer problemas presentes e futuros para a saúde do pequeno. Bacalhau é um grande vilão para o surgimento de alergias e só podem ser consumidos após 1 ano, porém com a devida autorização de uma pediatra.
 
Açúcar deve ser evitado com toda a certeza, pois na fase inicial da vida é considerado uma caloria vazia que não acrescenta e nada para um corpo que necessita e muito de vitaminas.
 
Excesso de frituras é prejudicial para qualquer ser humano em diferentes fases da vida, imagine para uma criança? A tão conhecida azia, fica quase que insuportável. Carne crua não deve ser oferecida, pois pode provocar contaminação.
 

Cardápio ideal e dicas preciosas


Arroz (batata ou farofa), 1 legumes, 1 verduras e carne sem gordura como peito de peru, chester e entre outras devem ser preparadas em harmonia em um prato. Evite excessos com doces para não criar uma herança futura de diabetes. Administre as porções do bebê não deixe ele comer além do ponto.
 
Não precisa esperar até a meia-noite caso a criança esteja com muita fome, entenda que para bebês desta idade é mais difícil administrar os desejos e necessidades do corpo.
 
Tenha bom senso e não deixe o bebê morrer de fome.
 
O que você acha de fazer um exame geral no bebê para ver se está tudo ordem? Passe ele em uma consulta com pediatras que são conhecidas como os anjos da zona norte.

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças