Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

As viroses de verão em bebês são comuns, pois o comportamento de muitas famílias muda nessa época do ano. A exposição ao sol é maior, a dieta diária ganha alimentos que são mais consumidos nessa época e tem mais riscos de prejudicar o intestino. Vírus perigosos a saúde consegue se desenvolver com as condições do clima mais quente.
 
A procura por pediatras nesse período do ano aumenta de forma considerável, sendo que os atendimentos em alguns casos podem demorar muito pelo excesso de público que enfrenta os mesmos problemas.
 
Para salvar o seu filho do pior separamos dicas preciosas para te ajudar. Confira!

Como saber se meu bebê está com virose?


Para saber se o seu bebê está com virose é preciso observar os seguintes sintomas:
 
- Falta de apetite
- Febre
- Diarreia 
- Dores de cabeça
- Tosse
- Espirros
- Vômitos
- Irritabilidade
 
Notando um dos sintomas citados acima é muito importante fazer alguns procedimentos rápidos, caso não conheça nenhum continue lendo o nosso texto para saber mais informações, mas caso o problema esteja em um grau de perigo grande você deve procurar ajuda médica o quanto antes.
 
Para saber como lidar com a virose em seu bebê é muito importante entender quanto tempo ela dura no organismo.

Quanto tempo dura uma virose em bebê?


O tempo de duração de uma virose em bebê pode permanecer de 3 dias a 1 semana. De 1 a 3 anos de idade a criança pode apresentar uma média de 8 infecções, o que é considerado normal por parte da maioria dos especialistas. Após essa faixa de idade é comum os bebês melhorarem a imunidade dos seus organismos.
 
Apesar de todo o processo não apresentar perigo de grandes proporções para a saúde da criança, caso você não preste os primeiros socorros o risco pode exibir consequências negativas para o seu filho.

De que forma posso evitar viroses de verão em meu bebê?


Para evitar viroses de verão em bebê é necessário ficar muito atento aos líquidos e alimentos consumidos nessa época. Com as altas temperaturas os perigos de contaminação aumentam. Os petiscos vendidos em praias junto com as bebidas são mais inclinados a sofrerem alterações, que podem provocar graves danos ao organismo.
 
Gelo e limão precisam ser evitados em refrescos, pois apresentam uma entrada facilitada para a formação de vírus. A higiene e o cuidado com a conservação de alimentos são essenciais, pois no verão é normal que as comidas estraguem com mais facilidade.

Qual o melhor tratamento para virose nesse calor intenso?


Com o surgimento de uma virose o melhor é esperar um pouco e analisar se o bebê está com febre, vômito e com falta de apetite. Caso apresente os sintomas leve-o a um pediatra de confiança e veja o que ele vai indicar, mas se o bebê não apresentar um quadro de alta temperatura é importante esperar pelo menos 24 horas, para observar como o seu organismo vai reagir, e assim levá-lo a um profissional de saúde infantil.
 
Férias é um período para curtir com o seu filho. Uma virose pode afetar a tranquilidade dos seus dias, acabando com a diversão de toda a família. Antes de qualquer viajem faça uma visita a uma médica especializada em saúde infantil. Na zona norte de São Paulo, as Doutoras Paula e Marly, são consideradas verdadeiros anjos.
 
Entre em contato e marque uma consulta!

Dra. Marly Sato

Dra. Marly Sato

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB


FALE COM A ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças