Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96065-9978

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

Segundo a reportagem do portal G1, crianças foram vítimas de picadas de escorpiões no interior de São Paulo. A notícia coloca alguns fatores que podem contribuir para o surgimento desta praga, mas será que podem chegar ao ninho de lares da capital?
 
Em outra matéria do mesmo site na sessão São Paulo, algumas remoções foram solicitadas em residências na capital paulista que foram invadidas pela praga.
 
Você sempre ouve que a prevenção é o melhor para tudo não é mesmo!? Remediar a fatalidade depois de consumada sempre fica mais difícil.
 
Por isso, convidamos os pais para lerem este conteúdo e ficarem mais alerta sobre os cuidados que devem ter com o ambiente em que fica o seu filho.
 
Vamos juntos cuidar mais do seu bebê?

Por que ocorre um surto de escorpiões em São Paulo?


A primeira questão a ser dita, que fazem os escorpiões surgirem nos centros urbanos é a falta dos predadores naturais do animal. Galinhas, corujas e sapos, dificilmente estão vivendo em cidades e por isso, os escorpiões conseguem se procriar.
 
Uma coisa que você nota passeando pelas cidades de carro ou a pé é o excesso de sujeira pelas ruas. Seus bueiros são verdadeiros depósitos de lixo e ajudam no surgimento das incomodas baratas, que servem de alimento para os escorpiões.
 
Os riscos da ação do veneno do escorpião no organismo trazem consequências letais. Saiba a seguir, porque esse inimigo oculto é tão perigoso principalmente para os bebês. 

Escorpiões em São Paulo: O inimigo oculto das crianças


Os adultos estão vulneráveis contra a ação deste animal perigoso, por serem pequenos e terem a facilidade de se camuflarem e se tornarem quase que imperceptíveis, porém, o adulto pode agir ligando para algum órgão de remoção e procurando algum remédio para evitar que o veneno se espalhe e cause a morte.
 
No caso de um bebê é diferente. Ele ainda não tem a destreza e a racionalidade para buscar ajuda ou se afastar do perigo. Sendo uma presa fácil para o escorpião picar.
 
Por azar os pais vão demorar para perceber a causa e aí pode ser tarde demais.
 

Dicas para evitar os escorpiões perto dos seus filhos


A primeira coisa a ser feita para evitar os escorpiões perto dos seus filhos é uma limpeza rigorosa. Evite os entulhos de construções, restos de comida (que atraem baratas) e tente de alguma forma higienizar bueiros e saídas para o esgoto em sua residência.
 
Não permita que o lixo acumule e deixe sempre as lixeiras tampadas na cozinha e no banheiro. Supervisione o quarto do bebê para ter certeza que não tem nenhuma sujeira nos cantos do cômodo e no berço. Passe no quarto algum veneno contra baratas que não seja prejudicial ao olfato e a saúde da criança.

O que fazer em caso de picada?


As atitudes básicas é higienizar a área picada com água e sabão, mas se a dor continuar um analgésico pode ajudar. Mas, como estamos lidando com a saúde frágil de um bebê o recomendado é leva-lo urgentemente a uma emergência médica.
 
Em caso de encontrar um escorpião ligue imediatamente para 156 para solicitar a remoção do animal.
 
Quer saber mais como proteger o seu bebê de visitantes inesperados? Acesse agora mesmo o seguinte artigo: Picadas de insetos em bebês: O que fazer para prevenir e tratar? Aprenda dicas preciosas.
 
 
 
 

Dra. Paula Regina Colombi

Dra. Paula Regina Colombi

Formada pela Faculdade Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia - SP
Especialista em pediatria pela AMB
Especialista em Homeopatia pela AMH


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Alergia em Crianças