Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 - Vila Nova Cachoeirinha

Ícone telefone

(11) 3851-8411

Ícone telefone

(11) 96306-7414

Ícone horário

Horário: Seg. à Sex. 08:00 as 19:00

Ícone endereço

Av. Parada Pinto, 135 – Vila Nova Cachoeirinha

“Uma das maiores forças do universo reside no amor de mãe...”
Bruno Bezerra
 
O que uma mãe não faria para livrar o seu bebê de constantes sofrimentos. 
 
Não jogue no lixo a possibilidade do seu filho ser salvo.
 
Porém, é o que muitos pais fazem com os dentes de leite dos seus pequenos.
 
Segundo a ciência, outros destinos podem ser dados, o que podem gerar uma alternativa de salvamento eficaz contra doenças graves.
 
Vamos te explicar passo a passo o por que o ato de guardar os dentes de leite vai salvar o seu filho no futuro.
 
Explicaremos os benefícios, as polêmicas e valores para solicitar esse serviço. Continue a leitura e entenda melhor.

Por que guardar os dentes de leite?


Guardar os dentes de leite ajuda na preservação de células restauradoras contidas na polpa do dente. Doenças que destroem as partículas sadias do organismo podem ser combatidas com esse detalhe que tem parte da mensagem genética da criança.
 
Antigamente, o dente de leite era preservado para recordação e até para decoração por parte de mães corujas, que se orgulhavam de seus filhos estarem crescendo.
 
Com o avanço da medicina o dente de leite ganhou grande importância por suas propriedades já citadas.
 
Porém, qual a forma correta para guardá-los? 

Como fazer para guardar o dente de leite?


O que os pais devem fazer para guardar de forma correta um dente de leite, deve seguir os seguintes passos:
 
1 – A extração do dente deve ser feita em um consultório de dentista.
 
2 – A polpa do dente é preservada em líquido antibacteriano
 
3 – É feito o encaminhamento para um consultório especializado
 
4 – O processo de congelamento é iniciado para manter as propriedades das células-tronco.
 
 
ATENÇÃO!!!
 
Não faça em hipótese alguma a extração do dente de leite em casa de forma forçada. Além de ser um risco para saúde bucal da criança, não vai manter as propriedades essenciais das células-tronco. Tome muito cuidado com as soluções caseiras.
 
Ao longo da vida da criança em evolução para a vida a adulta, pode sofrer com doenças que venham a destruir as suas defesas, e com o desenvolvimento das células-tronco, é possível reverter situações graves.
 
A opção por doar o dente de leite, é uma forma de ajudar pessoas com doenças degenerativas como o Mal de Parkinson e o Alzheimer.  
 
Existe custo para fazer este procedimento? Descubra no próximo parágrafo.

Qual é o custo para fazer?


O custo para congelar o dente de leite custa em média de R$2 a 3 mil reais, com uma taxa de manutenção que pode variar de R$600 a R$800 anuais. O procedimento surgiu no Brasil em meados de 2013, saindo muito mais barato do que o congelamento do cordão umbilical.
 
O preço de um congelamento do cordão umbilical chega em uma faixa de R$3 mil a R$6 mil reais, com uma taxa de manutenção de R$800 reais anuais.
 
A ciência está em constante evolução e aprimorando processos em busca da cura de diversas doenças. Não é obrigatório os pais guardarem os dentes de leite, pois deve ser uma decisão mais pessoal e baseada no histórico de doenças na genética da família.
 
Compartilhe esse conteúdo em nosso Facebook.
 
Aprenda a cuidar melhor do seu filho e acesse mais matérias em nosso Blog.
 
Desejamos apenas o melhor para o seu bebê. Entre em contato e conheça verdadeiros anjos que vão zelar pela saúde de quem você ama.
 
 
 
 

Dr. Murillo Rocha

CRO 102.057
Cirurgião Dentista
Clínico Geral
Implantodontista
Excelência em estética


FALE COM O ESPECIALISTA
Ebook sobre Clareamento Dental